amor

Se eu soubesse amor

Não sei amar, mas te amo.
Como o poeta fingidor,
As vezes finjo que odeio,
Noutras finjo que é amor!
Pois o amor dói na gente.

Não dar pra fingir a dor!
Quando não amo, eu morro,
Porque sofro duplamente.

Amo teu corpo, tua alma,
Amo tua mente, teu coração.
Amo teus segredos, tua calma.

Amo teu sim e teu não.
Não sei amar, se soubesse,
Te amaria loucamente.

Se a vida não fosse tão curta,
Te amaria eternamente.

Antônio Maspoli

Antonio Maspoli

Sou Antonio Maspoli, cidadão do mundo, Teólogo e Psicólogo. Deus é a minha herança pessoal, meu caso de amor! Deus encantou-me com o a sua presença. E abriu-me as porta do conhecimento do numinoso: "Eu cri, por isso compreendi" (Agostinho). Desde então dediquei a minha vida a conhecer a Deus. E a minha existência a compreender a natureza humana.

https://antoniomaspoli.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.